Fone de ouvido Beats Studio 2013


Texto: David Carnoy/CNET Tradução e adaptação: Eder Oelinton

A boa: Os fones Beats Studio são mais leves, mais resistentes e com melhor sonoridade do que os fones Studio antigos . Eles oferecem um ajuste confortável e com controle de cancelamento de ruído ativo, que funciona bem, mas não muito. O cancelamento de ruído é alimentado por uma bateria de lítio e íon recarregável que oferece até 20 horas de vida útil. O fone vem com uma bolsa transparente e ele é dobrável para caber nela.

O ruim: O sistema de cancelamento de ruído é muito fraco, se a bateria interna acaba, o fone de ouvido não funciona, e um preço de US$ 300,00 não é tão bom.

Entrelinhas: Pelo preço de US$ 300,00 ele pode não ser um bom negócio, mas os novos fones Beats Studio são mais leves e melhores construídos, e som significativamente melhor do que o primeiro modelo Beats Studio.

Desde que a Doctor Dre detentora da marca Beats cortou sua relação com a Monster, nós estávamos esperando da empresa uma nova versão de seus fones de ouvido, o Beats Studio, que foi lançado em 2008 e se tornaram um fenômeno cultural. Agora, cinco anos depois, temos os novos e reinventados fones de ouvido Studio e eles tiveram uma melhoria significativa em relação ao original, tanto em termos de design quanto de som.

Design e recursos

Para começar, os novos fones de ouvido Studio são 13% mais leve, são mais resistentes, e tem um som mais definido. Suas conchas acústicas são mais suaves e uma haste mais ergonômica o que cria um ajuste flexível para cada forma de cabeça. Porem, eles não parecem muito confortáveis quando manuseamos. A impressão é de que aperta a cabeça. Mas é possível usá-lo por longos períodos sem nenhum problema. No entanto, como qualquer modelo de over-ear, eles vão fazer sair “vapor” dos ouvidos em ambientes mais quentes.

As almofadas são mais suaves e os fones de ouvido são mais confortáveis

Beats 2013 almofadas mais suaves

As almofadas são mais suave e os fones de ouvido são mais confortáveis (Credito: Sarah Tew/CNET)

Eles ainda são feitos principalmente de plástico, o novo fone de ouvido Studio, vem nas cores: branco, preto ou vermelho. São mais bem construídos e parece que eles vão durar mais ao longo do tempo. Pessoalmente, acho que o modelo branco parece o melhor porque os modelos em vermelho e preto são mais escuros e “plastificados” com uma aparência mais barata. Além disso, o preto deixa visível a impressão digital (vem junto com o fone um pequeno pano para polir os fones). Eu não acho que foi um acidente a Beats ter me enviado um modelo branco para o review.

A Beats diz que o novo fone Studio não têm parafusos “visíveis”, o que é bom, porque esses pequenos parafusos no primeiro fone se enroscavam facilmente em qualquer coisa e caiam. No entanto, é possível dobrar o fone para caber em uma maleta agradável – você verá parafusos Torx sobre as articulações de cada lado do fone. Essas articulações tem metal o que o torna mais resistente na hora de dobrar e desdobrar o fone de ouvido.

Além da maleta, você tem alguns outros extras, incluindo um cabo direto que integra um controle remoto compatível com produtos Apple e com um microfone para chamadas de telefone celular. (Os recursos remotos pode não funcionar com dispositivos que não sejam da Apple, mas o microfone funciona).

Os fone de ouvido dobra-se para caber em uma bolsa de transporte que vem junto com o fone

Beats Studio 2013 é dobrável e se encaixa bem

Beats Studio 2013 é dobrável e se encaixa bem dentro do seu case (Credito: Sarah Tew/CNET)

No interior, há um novo, e melhorado DSP (processador de sinal digital) e um software que a Beats incluiu o Beats Acoustic Engine, apenas para fins de marketing. Estes fones de ouvido com controle de cancelamento de ruído ativo vêm equipados com dois modos. De acordo com a Beats, um modo é para ouvir música e oferece um cancelamento de ruído equilibrado e adaptativo de acordo com a música e o ambiente. E o outro modo o cancelamento de ruído é mais forte prefeito para calar o mundo e se desconectar de tudo.

Ao invés de usar uma bateria AAA padrão para alimentar o circuito de cancelamento de ruído , os novos fones de ouvido Studio tem uma bateria de lítio integrada recarregável  através de uma conexão micro -USB (cabo incluído) . A duração da bateria é de aproximadamente 20 horas e há um medidor de bateria com cinco leds, que indica a quantidade de carga restante. Há também uma função de desligamento automático depois de desconectar os fones de ouvido. Esse é um recurso interessante que todos os fones de ouvido com cancelamento de ruído deveriam ter.

O que você recebe junto com o fone

Beats Studio 2013 dentro da caixa

O que vem dentro da caixa do Beats Studio 2013 (Credito: Sarah Tew/CNET)

Desempenho

O primeiro modelo  Studio levou ao surgimento de fones de ouvido que exageravam nos sons graves ao contrário do que seu nome diz (os fones de ouvido “Studio” são supostamente para terem um som mais preciso). E enquanto o novo Studio pode não ser um fone para verdadeiros audiófilos como o fone Momentum da Sennheiser (cerca de Us$350,00), eles não vão desaponta-lo com os sons graves. Eu descreveria o som como “emocionante” – muitos detalhes e energia nos graves. Há bons impulsos nos agudos.

Comparado com o Momentums, o fone Studio não são tão precisos, mas ainda é muito divertido ouvir musica com ele, e um dos modelos com cancelamento de ruído ativo com melhor som que já ouvi. Os fones de ouvido Momentum tem menos ênfase no detalhe, para que o som mais natural seja ouvido.

O som grave do Studio é certamente poderoso, mas o do fone Momentums soa mais equilibrada. Os vocais soam mais naturais sobre os fones de ouvido Momentum (o fone Studios falta um pouco mais de riqueza nos detalhes que fazem as vozes de som humano mais natural).

O primeiro fone Studio na esquerda, novo Studio à direita

O estúdio original na esquerda, novo Estúdio à direita

O estúdio original na esquerda, novo Estúdio à direita (Credito: Sarah Tew/CNET)

Como se observa, o novo Studio possui um som muito diferente do que o primeiro modelo quem tem menos detalhe nos impulsos agudos, a impressão é que o som sai de um buraco oco, um som enlatado que soa estranho. Os novos fones de ouvido Studio não têm essa aberração, e oferecem muito mais clareza em geral, e possuem uma sonoridade radicalmente melhorada.

O encaixe USB do fone de ouvido e o indicador de LED da vida útil da bateria

Os fones de ouvido são recarregáveis via USB

Os fones de ouvido são recarregáveis via USB e tem um indicador de vida da bateria de cinco LEDs (Credito: Sarah Tew/CNET)

Assim como a maioria dos outros fones de ouvido com cancelamento de ruído eletrônico que tesei, o Studio apresenta uma pequena quantidade de chiado que é quase inaudível em quartos silenciosos. Claro que você não precisa de cancelamento de ruído em quartos silenciosos, mas você não pode desligar o sistema de cancelamento de ruído sem ouvir nenhum som externo, ele essencialmente não foi construído para isso.

O cancelamento de ruído funcionou bem no metrô de Nova York e as ruas da cidade, mas não é tão eficaz quanto o fone de ouvido Bose QuietComfort 15, por exemplo. Em outras palavras, se sua prioridade é sumir com o ruído ambiente é recomendável ter os fones da Bose linha QC 15s. Dito isto, o fone Studio possui um som mais dinâmico do que os fones de ouvido Bose QC 15, que têm um som mais “cru” e menos detalhado.

Curiosamente, o som mais evoluído e detalhado dos fone de ouvido Studio tem algumas vantagens,  ela “corta” melhor o som em ambientes ruidosos. No silêncio de sua casa, a ênfase dos agudos permite, para alguns, que seja desligado o controle de ruído ( por exemplo , ouvir a música “You Got Your Cherry Bomb, da banda Spoon”, o som da bateria tocando em toda a melodia acaba oprimindo um pouco os vocais) . No entanto, em ambientes mais ruidosos os agudos parecem menos evidentes , mas no geral o som do fone é muito bom.

Sim, isso soa um pouco estranho, mas os fones fazem um som diferente, sob diferentes condições de escuta , e estes parecem ter sido feito mais para seja onde for ouvir.

Close-up do cabo com controle remoto/microfone integrado da Apple

Microfone do Beats Studio 2013

De perto, o cabo com o Apple-friendly remoto e microfone integrado (Credito: Sarah Tew/CNET)

Conclusão

Eu não posso dizer que eu era um fã do modelo original Beats Studio, então é provavelmente por isso que eu fiquei agradavelmente surpreendido com os novos fones de ouvido. Para fones de ouvido over-ear, eles são muito confortáveis ​​. Talvez não seja tão confortável quanto os Bose QuietComfort 15s , mas é possível de usa-los por longos períodos , desde que seja em um ambiente bem acolhedor e não muito quente.

Se você está procurando um par de fones de ouvido com um som mais preciso, este não é seu fone. Mas eu gostei do graves – parece mais discreto em comparação com os graves do primeiro modelo Studio – e os sons agudos melhoraram a minha experiência de escuta durante meus trajetos ruidosos no metrô de Nova York. Como o editor da CNET Ty Pendlebury comentou: “Eu não sei se compraria, mas eles fazem um monte de coisas boas”, e eu concordo com isso.

Na faixa de preços deste fone, e aparência, há uma abundância de fones de ouvido semelhantes, inclusive o on-ear KEF M500 (mais descontraído do que o Studio), o Sony MDR- R1, e o on-ear Bowers & Wilkins P5. Outros modelos, como o Audio- Technica ATH- M50, soam um pouco melhor e custam significativamente menos, mas não são tão adequados dependendo de onde se vá.

No entanto, se você está procurando um fone de ouvido com cancelamento de ruído superior, a escolha diminue um pouco. Há muitos outros fones bons por ai. Eu gosto da Harman Kardon NC (cerca de US $ 250,00), é uma versão da NC baseada no modelo Monster, e se você está disposto a pagar até US $ 400,00, recomendo o PSB M4U 2. Os executivos da Beats podem realmente oferecer uma melhor qualidade de construção, mas eu preferi o som do novo modelo do fone Beats Studio, bem como o ajuste.

Quanto aos fones da Bose QuietComfort 15 , eles ainda são os mais confortáveis, e eles oferecem o melhor cancelamento de ruído . Mas outros headphones NC, incluindo o novo modelo do Beats Studio, sem dúvida o som é melhor.

De qualquer maneira, eu não vou sentar aqui e dizer-lhe que os novos fones de ouvido Beats Studio são uma pechincha. Eles não são. Mas a boa notícia é que ele tem um valor menor do que o primeiro modelo. Então, isso é um passo na direção certa.

Texto: David Carnoy/CNET Tradução e adaptação: Eder Oelinton

Texto original: http://reviews.cnet.com/headphones/beats-studio-2013-white/4505-7877_7-35823632.html

Anúncios

8 Respostas para “Fone de ouvido Beats Studio 2013

  1. Pingback: Fone de ouvido Beats Studio Wireless análise de produto | S U P R I M A T E C·

  2. O meu studio nao durou 6 meses era desse modelo branco, as almofadas racharam tudo no couro, a bateria nao aguentava mais nem meia hora e um lado era mais alto que o outro.
    Enfim, me decepcionei muito.

    Curtido por 1 pessoa

    • É as vezes é preciso pensar bem no custo benefício antes de comprar um fone destes, já não é o primeiro que me fala sobre esse desgaste, é uma pena que você se decepcionou, mas faz parte da lei do consumismo, sempre existirá experiências boas e ruins, e assim se baseia a venda dos produtos, por exemplo, se uma pessoa ver sua experiência negativa sobre tal produto, ela pensara duas vezes antes de comprá-lo. Obrigado por contribuir aqui Pedro! Grande abraço!

      Curtir

  3. Pingback: Ciência, tecnologia e muitas curiosidades essa é a retrospectiva Suprimatec de 2016 | S U P R I M A T E C·

Participe da discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s